Movimento Mãos sem Fronteiras ajuda atingidos pela enchente em Itajaí

img_1807

Dar as mãos pode salvar seu dia. De mãos dadas ficaram as cerca de 300 pessoas atendidas pelos voluntários do movimento Mãos sem Fronteiras, que estão auxiliando as vítimas da enchente em Itajaí e centenas de bombeiros, policiais, servidores e voluntários que trabalham na reestruturação da cidade.

Desde a semana passada, 9 voluntários vindos de Curitiba se dividem entre Itajaí e Blumenau propagando a técnica de Estimulação Neural. O curso – que normalmente dura 5 horas – foi adaptado para duas sessões de 40 minutos cada. Em Itajaí, o grupo capacitou cem pessoas entre bombeiros, policiais militares, profissionais da Defesa Civil e servidores. Além disso, cerca de 300 pessoas atingidas pela enchente e voluntários espalhados por toda cidade receberam atendimento. 

“Nosso trabalho consiste em tocar as pessoas em determinados pontos do corpo que correspondem a diferentes áreas como a cardíaca e circulatória e a respiratória. Mas o trabalho mais intenso aqui é no que diz respeito a parte psíquica das pessoas que estão muito abaladas com a tragédia”, explica o jornalista Eloir José Sbalqueiro, voluntário do Mãos sem Fronteiras.

Sbalqueiro conta que cinco minutos por dia são suficientes para garantir o equilíbrio mental, aumentar a concentração e diminuir níveis de stress das pessoas através da técnica. O voluntário ressalta ainda, que Estimulação Neural permite que uma pessoa atenda até 200 outras ao mesmo tempo com ações simples como dar as mãos uns aos outros. 

Além de manter o lado emocional em dia, os bombeiros que trabalham na cidade tiveram exemplos práticos de como a Estimulação Neural pode ajudar no atendimento de primeiros socorros, por exemplo. Isto porque, o toque em determinadas partes do corpo pode até amenizar dores. 

“É preciso deixar claro que esta técnica não substitui tratamentos médicos convencionais. É sim, um complemento e uma ajuda nos momentos críticos”, diz Romeu Huczok, presidente do Mãos sem Fronteiras no Brasil. Huczok afirma que o movimento não tem vínculos religiosos, o que torna a penetração do grupo possível em diferentes lugares, com diferentes culturas. 

Como surgiu e o que é a Estimulação Neural

A Estimulação Neural surgiu há 20 anos na Espanha e rapidamente se espalhou rapidamente. A criadora da técnica, a espanhola Rosa Hernandez, é conhecida como “La Jardineira”. “A chamamos assim porque somos as sementes que ela plantou pelo mundo”, afirma Romeu Huczok. 

Huczok entrou no movimento há nove anos depois de ser beneficiado quando estava com um problema de saúde e hoje preside a sede brasileira do movimento, localizada em Curitiba (PR). A sede mundial do Mãos sem Fronteiras fica na França. A técnica divide o corpo humano em seis pontos vitais que são responsáveis pelas seguintes áreas: ósseo e muscular; sistema nervoso; faculdades mentais; aparelho respiratório e os cinco sentidos; sistema digestivo; coração e sistema circulatório e imunidades.

Na próxima semana mais 15 pessoas do movimento Mãos sem Fronteiras chegam a região. As pessoas interessadas em participar dos cursos ou no atendimento do grupo pode obter informações pelo site http://www.maossemfronteiras.com.br .

Prefeitura de Itajaí 
Secretaria de Participação Social
Informações e agendamento de entrevistas: (41) 3013-6788 ou (41) 8805-4276, com Eloir
Texto: Fabricia Prado (SC 03103 JP): (47) 9985-4803

Foto: Rafael Weiss – SC/02094-JP

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: