Funcionários da Saúde trabalham duro na limpeza das unidades

Foram seis as unidades atingidas pela enchente e que estão sendo limpas. Na Unidade Básica de Saúde Bambuzal e na Policlínica Jardim Esperança o serviço já está bem adiantado. O Caps AD já está atendendo. Agentes comunitários de saúde, enfermeiros e demais servidores têm trabalhado intensamente na remoção da lama, limpeza e recuperação dos móveis. Os demais postos que estão neste processo são: Cidade Nova, Murta e Promorar II.

Após a higiene das salas, dos consultórios e das outras dependências, o passo seguinte é testar a parte elétrica. De acordo com a enfermeira Paulina Pereira da Silva, antes de ligar os djuntores a Secretaria Municipal de Saúde deve entrar em contato com a Celesc para evitar qualquer acidente. Outro procedimento será avaliar o funcionamento de autoclaves, cadeiras odontológicas e demais equipamentos.

Uma das maiores preocupações da SMS é quanto às salas de vacina. Elas devem ter geladeira e ar condicionado em perfeito estado para manter a temperatura correta dos medicamentos. A Secretaria ainda não contabilizou os prejuízos com a enchente. Mas em unidades, como a recém inaugurada Jardim Esperança, onde valor investido chegou a quase R$ 1 milhão, as perdas foram grandes. Cabe ressaltar que, além do estrago provocado pelas cheias, houve saque nos locais.
———————————

Fonte: enfermeira Paulina Pereira da Silva (enfermeira da SMS) – Fone: 3249-5500
Texto: Claudio Kantowicz

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: