Caramujos africanos devem ser enterrados

Os caramujos africanos têm potencial invasor e tendem a procurar locais amplos e sujos. Nesse período pós-enchente eles já começam a surgir em locais atingidos. O Departamento de Vigilância Epidemiológica alerta para os riscos de contato e a forma como esses animais devem ser eliminados.

A orientação é de que a população proceda com a catação manual dos caramujos, sempre com as mãos protegidas e enterra-los em covas de 40 a 50cm. De acordo com a coordenadora do Núcleo de Zoonoses, Sandra Ávila, não se deve usar sal, veneno ou fogo, pois pode causar acidentes. Também não é recomendado abandonar as conchas ao ar livre porque podem servir de criadouros para o mosquito transmissor da dengue e febre amarela. Qualquer dúvida o Núcleo de Zoonoses atende no telefone: 3249-5559.

Prefeitura de Itajaí
Secretaria de Participação e Comunicação Social
Fonte: Sandra Ávila – coordenadora do Núcleo de Zoonoses
Assessoria de Comunicação: Amanda Weber 8444-1631 / Natalia Uriarte 9986-4106

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: