Boletim sobre as cheias em Itajaí

A Defesa Civil de Itajaí informa que as águas já baixaram quase que na sua totalidade. Depois de ficar com quase 97% do município atingido pelas águas – cujo a altura variou entre 0,30 centímetros e 9 metros – ainda há água parada na parte baixa do Bairro Cordeiros (Jardins Esperança e Progresso) e no Bairro Cidade Nova, por onde só passam caminhonetes e caminhões.

 

Os acessos estão normalizados no sentido Curitiba – Itajaí, apenas em Garuva o trânsito está sendo feito em meia pista; já o acesso pela BR 101 do Rio Grande do Sul para Itajaí ainda está interrompido. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal existem pelo menos 36 barreiras próximo ao Morro dos Cavalos em Palhoça, a orientação aos motoristas que necessitam chegar ao litoral e norte do estado que desviem pela BR 282, via Lages. A PRF informa ainda que o trecho em Palhoça deve levar pelo menos uma semana para ser liberado.

 

Até agora, há pelo menos 200 pessoas desaparecidas, sendo que algumas famílias estão se reencontrando aos poucos, pois, estavam abrigadas em diferentes pontos da cidade. Desde que as cheias começaram, foram resgatadas das águas cerca de 75 mil pessoas, salvas pela Defesa Civil, Bombeiros e populares em geral. Quase 11 mil pessoas estão desabrigadas e 130 mil pessoas foram atingidos. Foram recolhidos ainda, mais de 200 animais mortos.

 

Até a noite desta quarta-feira 7,343 pessoas estavam em 34 abrigos oficiais do município. O restante dos desabrigados ou desalojados estão em casas de parentes; amigos ou voluntários.

 

Quanto ao abastecimento de energia elétrica, a Celesc informa que somente dois alimentadores estão desligados na cidade: no Cidade Nova, em volta da Associação de Moradores do Promorar 2 e na Rua José Pereira Liberato, entre o Itamirim e o Posto Vanolli. Ainda não há previsão para que estes alimentadores sejam religados e os demais pontos que eventualmente estiverem sem energia são casos isolados que serão resolvidos pela Celesc gradativamente.

 

O abastecimento de água, segundo o Semasa,está praticamente normalizado, mas é preciso economizar e ter paciência, pois, a pressão nas torneiras ainda é baixa. O Semasa recomenda que a água das primeiras 48 horas, seja utilizada apenas para limpeza das residências, após esse período é de extrema importância que se faça a limpeza das caixas d’água, para receber a água boa para consumo.

 

A expectativa da Defesa Civil é de que as pessoas sejam retiradas dos abrigos em até 30 dias e que os serviços de limpeza da cidade estejam concluídos em 15 dias.

 

Donativos do Governo Federal

O Município de Itajaí recebeu do Governo Federal até agora 400 sacolões; 250 colchões e 1,7 mil edredons.

Até agora, R$ 1,7 bilhões foram liberados pelo Governo Federal para o Estado de Santa Catarina e ainda não está definido o montante de Itajaí.

 

Defesa Civil de Itajaí – 3249-5830

Marcelo Sodré – Semasa – 9652-7337

Beto Severino – 9987-3006

Anúncios

Uma resposta to “Boletim sobre as cheias em Itajaí”

  1. Renato Alves Says:

    Quero saber de que forma posso ajudar essa terra que tanto amo, pois tenho alguns donativos que posso enviar. Me ofereço também como voluntário se precisarem. A única dificuldade é que moro em outro estado. Já morei aí e como já falei amo essa terra e quero muito poder ajudar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: